BEBIDAS ALCÓOLICAS

HARMONIZANDO A CULINÁRIA JAPONESA COM VINHOS E CERVEJAS

Tradicionalmente, a culinária japonesa não é lembrada quando o assunto é harmonização com bebidas alcóolicas como vinhos e cervejas. O saquê, da mesma categoria dos vinhos, é fabricado a partir da fermentação do arroz, sendo sempre a bebida alcóolica mais pedida quando o assunto é comida japonesa. A diversidade dos temperos e molhos utilizados na culinária japonesa – shoyu, vinagre de arroz, wasabi, gengibre – pode dificultar na harmonização com vinhos e cervejas, mas existem dicas preciosas que vão surpreender seu paladar:

  • Vinhos brancos, rosés e espumantes acompanham bem a comida japonesa, por serem mais leves e delicados. Cervejas bem leves, como as de marca japonesas, também são boas opções para acompanhar a culinária japonesa. Uma dica importante é quanto mais leve for o prato, mais leve deve ser o vinho ou a cerveja, já que os sabores da comida não devem ser mascarados pela bebida;
  • Se o prato escolhido possuir forte presença do gengibre, de sabor muito marcante, evite os vinhos tintos. A sugestão é um espumante brut ou vinhos com variedades brancas, como o Sauvignon Blanc, que proporcionam um equilíbrio interessante entre aroma e sabor;
  • Com pratos à base de shoyo, com forte presença de sal, prefira vinhos com alto nível de acidez, para quebrar um pouco o salgado do molho;
  • O Wasabi, pasta usada para apimentar os pratos, aumenta a sensação alcóolica do vinho. Se você gosta de temperar seus pratos com Wasabi, equilibrar o paladar com um vinho de baixa graduação alcóolica é uma boa dica. Se a opção for harmonizar com cervejas, a presença do lúpulo é a garantia de combinação com o Wasabi. As cervejas tipo Pilsen são bem indicadas, mas as do tipo Weiss (de trigo) também harmonizam muito bem graças à sua lupulagem floral e o frutado da fermentação;
  • Quando o assunto é peixe cru, como sashimi e sushi, espumantes são ótimos acompanhantes. A leveza e delicadeza dos espumantes refrescam e limpam o paladar. Cervejas japonesas de prensagem única, como a Kirin, possuem um sabor marcante e refrescante que casa perfeitamente com peixes crus;
  • Vinhos brancos mais encorpados e cervejas do tipo Strong Ale harmonizam bem com pratos mais cremosos ou à base de frutos do mar como vieira, lula, camarão e lagosta, além dos peixes mais gordurosos.
  • Com pratos quentes como o tradicional Yakisoba, exeprimente um tinto como um Pinot Noir ou mesmo um bom Malbec.